Diretor Técnico Sérgio Rogério Skrobot R.Q.E. 2950 | CRM 1775

Dilatação uretral

É um tratamento de caráter ambulatorial, realizado sob anestesia local, através do qual a região do estreitamento é dilatada com o emprego de sondas uretrais de calibre progressivo. O objetivo desse procedimento é tentar dilatar o tecido fibrótico da estenose, a fim de aumentar o diâmetro interno do canal uretral. O acompanhamento contínuo e a repetição da manobra visam estabilizar a correção. Isso é importante, pois o tecido cicatricial tende a se contrair, sendo necessárias sessões repetidas para um resultado duradouro. O tratamento pode ser empregado como forma de tratamento inicial em estenoses curtas e leves, ou mesmo no período pós-cirúrgico para estabilização do segmento operado
Por se tratar de um método que depende da ruptura de fibras cicatriciais, é frequente a sensação de ardor no canal urinário ou pequeno sangramento miccional.