Diretor Técnico Sérgio Rogério Skrobot R.Q.E. 2950 | CRM 1775

Estudo Urodinâmico

Estudo Urodinâmico, também chamado de“Urodinâmica”, é um exame que tem como objetivo demonstrar a função do trato urinário inferior e determinar com maior exatidão a causa dos sintomas do paciente. Em termos práticos, este exame mostra se a bexiga consegue cumprir sua função: armazenar urina sob baixa pressão e proporcionar adequado esvaziamento (micção normal).
A urodinâmica é um exame importante em determinadas circunstâncias:
– Aumento da próstata (avalia a presença de obstrução ao fluxo urinário pela próstata, bem como o estado funcional da bexiga)
-Incontinência urinária na mulher (determina a causa exata da perda de urina, para proporcionar um tratamento mais adequado)
-Incontinência urinária no homem (exemplo: incontinência urinária pós- prostatectomia)
-Pacientes com lesões neurológicas (“bexiga neurogênica”)
O exame consiste na introdução de um pequeno cateter no interior da bexiga. Na maioria das vezes, esse cateter possui dois canais, um que irá aferir a pressão no interior da bexiga e outro que será utilizado para realizar o enchimento vesical com soro fisiológico. Durante o enchimento o seu médico irá solicitar que você diga tudo o que está sentido com relação ao enchimento da bexiga. Após encher a sua bexiga será solicitado que você urine normalmente para esvaziá-la.
Alguns testes podem ser realizados durante o exame, tais como pedir para você tossir, fazer força com a barriga e mudar de posição. O exame geralmente não gera dor, apenas um pequeno desconforto pela passagem do cateter uretral. Um anestésico tópico geralmente é utilizado para diminuir esse incômodo. O exame tem duração de aproximadamente 1 hora, Por ser um estudo bastante complexo, de difícil interpretação e dinâmico, ou seja depende da interação com o examinador, esse exame deve ser realizado por um médico urologista com experiência.