Diretor Técnico Sérgio Rogério Skrobot R.Q.E. 2950 | CRM 1775

Instilação vesical de BCG

Instilação vesical de BCG, é o tratamento deescolha para o diminuição da recidiva dos tumores superficiais de bexiga que foram previamente submetidos a tratamento endoscópico.
A BCG imunoterapêutica éproveniente do cultivo da cepa Connaught do Bacilo Calmette-Guérin, derivada de uma cepa atenuada do bacilo da tuberculose bovina,Mycobacterium bovis. Este ativo-BCG é o mesmo utilizado para imunização contra tuberculose. Os bacilos encontram-se em forma de pó liofilizado e são viáveis após a reconstituição em diluição em soro fisiológico. Por ser o bacilo atenuado da tuberculose, o manejo deste medicamento requer alguns cuidados especiais.
A aplicação da BCG é intravesical (através de uma sonda dentro da bexiga). Após a aplicação, o medicamento deve permanecer no interior da bexiga por aproximadamente duas horas.Durante à primeira horao paciente permanecerá deitado alterando a posição a fim de que toda a parede da bexiga seja atingida, e na hora seguinte o mesmo deverá permanecer em observação e tentar reter a urina. A ação da medicação promove uma resposta inflamatória o que resulta na eliminação ou redução das lesões cancerosas superficiais. Esta ação está freqüentemente associada ao aparecimento de febre transitória, sangue na urina, aumento na freqüência urinária e dificuldade para urinar. Estas reações podem indicar que o tratamento está provocando os efeitos desejáveis, entretanto deve-se ficar alerta para a intensidade e duração dos sintomas e o médico deverá ser comunicado se ocorrer aumento destes sintomas.
Como é proveniente de uma cepa atenuada da tuberculose, os pacientes submetidos ao tratamento com BCG devem estar atentos a algumas informações importantes: não podem estar fazendo uso de imunossupressores; não estarem com o sistema imunológico deficiente; não apresentarem tuberculose ativa e em caso de febre a mesma deve ser esclarecida e tratada antes da administração da medicação.