Diretor Técnico Sérgio Rogério Skrobot R.Q.E. 2950 | CRM 1775

Prótese peniana

Colocação de prótese peniana está indicada nos pacientes que não obtiveram melhora da disfunção erétil com tratamento medicamentoso. Após o paciente ser anestesiado é realizado um incisão longitudinal na parte ventral do pênis, seguido por incisões longitudinais dos corpos cavernosos, onde é criado uma cavidade para colocação da prótese de silicone, compatível com o tamanho do órgão sexual do paciente. Os nervos locais são preservados, o que permite a reação aos estímulos e a ereção. É recomendado sete dias sem atividade fisica e 60 dias sem relação sexual. O pênis volta a ter firmeza e rigidez, o que permite penetração adequada. A ejaculação não é comprometida.